Mercedes confirma duas versões do Classe A para o Brasil

in Notícias
A quarta geração do Classe A começa a chegar no Brasil ainda este ano na versão hatch; sedã estreia em 2019Quatro Rodas

A Mercedes-Benz apresentou uma série de novidades no mercado brasileiro no Salão do Automóvel. Um dos grandes destaques é a nova geração do Classe A, que chega às concessionárias da marca a partir de dezembro na versão A 250 Launch Edition, mas apenas na carroceria hatch.

Serão oferecidas 100 unidades do modelo, equipado com motor 2.0 turbo de quatro cilindros que desenvolve 224 cv. O preço é de R$ 199.900. O aguardado sedã, com seu porta-malas de 420 litros, está programado apenas para o segundo trimestre de 2019.

Sedã terá porta-malas de 420 litros e concorrerá com o Audi A3 SedanQuatro Rodas

O sedã esportivo AMG GT 63 S também é novidade no país. O carro traz um V8 biturbo de 4 litros sob o capô de 639 cv de potência, além de câmbio de nove velocidades, tração integral permanente e eixo traseiro direcional.

O sedã esportivo baseado no CLS é um dos mais caros do Brasil em sua categoriaQuatro Rodas

Programado para o início do próximo ano, o esportivo vai custar a bagatela de R$ 1.084.900, posicionando-se como um dos sedãs mais caros do Brasil

Terceira geração do CLS terá no Brasil uma motorização parcialmente híbridaQuatro Rodas

Outra novidade, que chega às lojas em janeiro, é o AMG E 53. O modelo utiliza o mesmo powertrain do AMG CLS 53, apresentado recentemente: um 3.0 de seis cilindros com a tecnologia híbrida parcial EQ Boost, que desenvolve 435 cv de potência e 53 mkgf de torque.

O Project One usa o mesmo V6 turbo dos carros da Mercedes na Fórmula 1Quatro Rodas

Um carro que chama a atenção é o AMG One, superesportivo que utiliza o mesmo motor híbrido da Fórmula 1, oferece mais de 1.000 cv de potência e tem velocidade máxima que ultrapassa os 300 km/h.

Três unidades do hiperesportivo foram vendidas para brasileirosQuatro Rodas

Com produção limitada a 275 unidades mundialmente – todas vendidas –, suas entregas estão programadas para o fim de 2019. Há três sortudos clientes brasileiros entre os futuros proprietários.

O Mercedes EQ foi mostrado pela primeira vez em 2016Quatro Rodas

Também destaque da marca é o Concept EQ, um SUV elétrico que antecipa os futuros veículos elétricos da marca. Com autonomia de cerca de 500 km, o carro traz dois motores elétricos que geram em torno de 300 kW.

Versão reestilizada do C 63 S também foi apresentada no SalãoQuatro Rodas

O detalhe é que o estudo, com dois anos de idade, já está defasado. O modelo antecipou o EQC, primeiro veículo elétrico da Mercedes que foi lançado no último Salão de Paris.

Smart

A Smart, marca que pertence à Mercedes, mostrou o EQ Forfour com propulsão totalmente elétrica.

O compacto para quatro ocupantes tem motor de 82 cv, tração traseira e um bom torque de 16,32 mkgf para as proporções do carrinho.

A marca anunciou ainda que a partir de 2020, todos os Smart no mundo serão elétricos.



Fonte: Revista 4 Rodas

    Cart