Renault prepara um misterioso monovolume turbo derivado do Kwid

in Notícias
Monovolume é baseado na plataforma CMF-AInternet

Simples e barato, o Renault Kwid é o ponto de partida de um novo monovolume da fabricante francesa. Conhecido como ‘Projeto RBC’, o modelo foi flagrado em testes na Europa pelo site Motor.es.

A semelhança com o compacto de entrada da Renault vai muito além do design da dianteira. O monovolume também é baseado na plataforma CMF-A e terá, de série, airbags frontais e laterais.

Contudo, se livrou das rodas com apenas três furos: tem quatro, como todos os outros compactos Renault.

Monovolume se livrou das rodas de três furosInternet

O monovolume só não conseguiu se livrar das demandas do mercado indiano. Terá apenas 4 m de comprimento (tal como um Renault Sandero) para se enquadrar em benefícios fiscais do mercado local.

Afinal, preço baixo será algo fundamental para que ele seja competitivo perto do Datsun GO+ e do Maruti-Suzuki Ertiga.

Modelo terá, no máximo, 4 m de comprimentoInternet

Também por isso, o Renault RBC não será equipado com o motor 1.0 SCe do Kwid, mas sim com um novo motor turbo a gasolina. Estará disponível com câmbio manual ou automatizado, ambos de cinco marchas.

O segredo por trás do RBC deve acabar em meados deste ano, quando será revelado. As vendas na Índia começam até o final de 2019, enquanto outros mercados emergentes da Ásia receberão o modelo em 2020.

Não há planos de lançamento no Brasil. Por enquanto.

<span class=”hidden”>–</span>Internet



Fonte: Revista 4 Rodas

    Cart