Salão do Automóvel é marcado por disputa de preços entre carros elétricos

in Notícias
Elétrico mais vendido do mundo, Nissan Leaf fica como o mais caro da mostra paulistanaQuatro Rodas

Parece que, enfim, o mercado brasileiro amadureceu na direção dos carros elétricos. Chevrolet, Nissan e Renault aproveitaram o Salão do Automóvel de São Paulo para lançar seus primeiros carros 100% elétricos no país.

A Chevrolet deu início ao primeiro dia de coletivas à imprensa anunciando a chegada do monovolume elétrico Bolt.

Será apenas em 2019, mas a marca já anunciou o preço R$ 175.000 para a versão LT (a LTZ, mais completa, terá seu preço anunciado mais próximo do lançamento).

Chevrolet Bolt pode rodar até 380 km com uma cargaQuatro Rodas

Na prática, o Bolt será mais barato do que as versões mais completas da Chevrolet S10 2.8 turbodiesel. Mas seu preço já fica abaixo dos R$ 199.950 pedidos pelo BMW i3, elétrico com motor a gasolina para estender a autonomia (que pelas regras do Rota 2030 é híbrido),

Presidente da GM Mercosul, Carlos Zarlenga explicou a estratégia em conversa com QUATRO RODAS. “Anunciamos o Bolt já com preço, pois, se você não der um preço para o consumidor ele não dará atenção ao seu carro. Nós queremos tratar o Bolt como um carro normal, não como um estudo de tecnologia. É um carro bonito, prático, eficiente e com bom custo”.

Modelo tem porte equivalente ao de um Kia SoulQuatro Rodas

O Chevrolet Bolt tem motor elétrico de 204 cv (150 kW) e 36,8 mkgf de torque e é alimentado por baterias de íons de lítio de 60 kWh. Pelo padrão de testes europeu, WLTP, o Bolt pode rodar entre 380 km em ciclo combinado com uma carga.

Porém, vale lembrar que autonomia de um elétrico varia de acordo com diversas variáveis, como o uso do sistema de climatização, tipo de tráfego e até pela temperatura ambiente.

Nissan Leaf chega no primeiro semestre de 2019Quatro Rodas

Quase seis horas depois, era a vez da Nissan lançar no Brasil o elétrico mais vendido do mundo. O Nissan Leaf chegará às lojas na primeira metade de 2019, mas a pré-venda já começou por R$ 178.400. 

Nos corredores do Salão contava-se que a marca japonesa reviu o preço após a Chevrolet anunciar o preço do Bolt. A Nissan nega.

O novo Leaf roda até 270 km por carga em ciclo WLTPQuatro Rodas

O Leaf tem motor elétrico de 149 cv e 32,6 mkgf. As baterias de íons de lítio com 40 kWh permitem rodar 270 km com uma carga em ciclo combinado WLTP. 

Se a disputa era por preço, quem venceu foi a Renault. Seu grande lançamento no Salão é o elétrico Zoe, que já está à venda em duas concessionárias da marca no Brasil (uma em São Paulo e outra em Curitiba) por R$ 149.990.

O Renault Zoe é baseado na plataforma do Clio europeuQuatro Rodas

Embora seja o carro mais caro da marca, é o elétrico mais barato do Brasil.

A versão vendida no Brasil é a Intense com bateria Z.E. 40 (41 kWh), capaz de entregar autonomia de 300 km no ciclo europeu WLTP. O motor é o R90, que gera 92 cv e 22,4 mkgf de torque. 

Quem visitar o Salão do Automóvel poderá dirigir o Nissan Leaf, o Renault Zoe e outros modelos híbridos e elétricos no espaço de test-drive da QUATRO RODAS.

O acesso fica na lateral esquerda do São Paulo Expo e o acesso fica pouco antes da praça de alimentação. Recomendamos que o teste seja agendado assim que você chegar ao evento.

Autonomia chega a 300 kmQuatro Rodas

Outro sinal de amadurecimento do mercado automotivo: a Lexus anunciou que será a primeira marca a vender apenas modelos híbridos no Brasil. Seu último modelo a adotar a motorização híbrida será o SUV de sete lugares RX, a partir do segundo semestre de 2019.

SUV compacto Lexus UX já chegará ao Brasil com mecânica híbridaQuatro Rodas

Apesar de ter a picape Tarok e os Polo e Virtus GTS como estrelas do Salão, a Volkswagen anunciou que venderá no Brasil o Golf GTE.

É a versão híbrida e esportiva do hatch médio, que combina motor 1.4 turbo a combustão e outro elétrico para gerar até 205 cv de potência e 35,7 mkgf de torque – o mesmo torque do GTI, mas 25 cv a menos.

Por enquanto, não há data de lançamento definida. 

Golf GTE: confirmado, mas sem data para chegarQuatro Rodas



Fonte: Revista 4 Rodas

    Cart