Suzuki Jimny Sierra chega em 2019 com câmbio automático

in Notícias
Nova geração do Jimny chegará importada ao BrasilQuatro Rodas

A grande novidade da Suzuki para o Salão do Automóvel é a nova geração do jipinho Jimny.

Batizado de Jimny Sierra, ele se destaca pelo design quadrado, mais bruto que a geração anterior – que estreou no Brasil há exatamente 20 anos.

Modelo deverá custar cerca de R$ 80.000Quatro Rodas

A propósito, o antigo Jimny seguirá em produção no Brasil com o atual motor 1.3 a gasolina de 85 cv.

O Sierra chegará importado do Japão, sempre com motor 1.5 a gasolina de 102 cv .

O utilitário terá duas versões com câmbio automático no BrasilQuatro Rodas

Das três versões que serão vendidas no Brasil, duas terão câmbio automático, equipamento inédito no Jimny.

Lançamento do utilitário está marcado para a segunda metade de 2019Quatro Rodas

Em boa parte dos mercados onde já é vendido o Jimny Sierra tem filas de espera que variam entre seis meses e um ano, dependendo da versão.

Nossa espera também será um pouco longa: seu lançamento será apenas no segundo semestre de 2019.

Geração anterior, que é feita no país, seguirá à vendaQuatro Rodas

A Suzuki se limitou a dizer que o Jimny Sierra será aproximadamente 20% mais caro que o Jimny nacional. Hoje o Jimny parte dos R$ 67.490.

Podemos esperar por um preço inicial ao redor dos R$ 80.000 para a nova geração.

A Suzuki antecipa que a nova geração virá com central multimídia de sete polegadas com alto-falantes JBL e ar-condicionado automático.

S-Cross ganhou teto solar panorâmicoQuatro Rodas

Outras novidades são a estreia de teto solar e faróis de led para o crossover S-Cross.

Vitara recebeu uma pequena reestilização no SalãoQuatro Rodas

Para o Vitara, a novidade é uma leve reestilização, que inclui novo para-choque dianteiro e nova grade, cujo desenho varia de acordo com a versão.

O SUV também ganha faróis de led, novas rodas aro 17, teto solar panorâmico e novas lanternas de led.

Já os motores são os mesmos: 1.6 aspirado de 126 cv e 1.4 turbo de 146 cv, neste caso sempre com tração integral.

Utilitário também ganhou novos equipamentos de sérieQuatro Rodas



Fonte: Revista 4 Rodas

    Cart